Nos últimos 2 milhões de anos, a temperatura do planeta Terra flutuou 2ºC para mais ou para menos. Se as emissões prosseguirem no ritmo atual, será ultrapassada a margem de segurança comprometendo a sobrevivência de diversas espécies, segundo Bráulio Dias, secretário-executivo da Convenção sobre Biodiversidade Biológica da Organização das Nações Unidas (ONU). A afirmação foi feita na Semana de Meio Ambiente da Fiesp, em junho de 2015.



Últimas da Imprensa

ver mais dados da imprensa
x