22/4/2016

A 2ª Reunião do Euroclima foi realizada de 18 a 22/4, no Instituto Nacional do Semiárido do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (Insa/MCTI), em Campina Grande (PB).

O encontro de pesquisadores da América Latina e da União Europeia teve o intuito de discutir os impactos socioeconômicos da seca nos países latino-americanos. Outro objetivo foi o intercâmbio entre a política, a investigação científica e a aplicação de metodologias para monitorar e mitigar os efeitos da desertificação, da degradação da terra e da seca na América Latina.

Com foco na capacitação e no desenvolvimento de redes regionais de investigação sobre os processos climáticos da América Latina participaram representantes de 18 países oriundos de institutos de pesquisa científica, universidades e agências com estudos sobre secas e processo de desertificação na América Latina e Caribe.

Euroclima – trata-se de um programa de cooperação entre a União Europeia (UE) e a América Latina, com foco nas mudanças climáticas, integrada por 18 países.

A 2ª Reunião do Euroclima foi organizada pelo Centro Comum de Investigação (JRC, na sigla em inglês) da Comissão Europeia, em parceria com o Insa/MCTI e o Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélite (Lapis) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal).



Últimas da Imprensa

ver mais dados da imprensa
x