Solange Sólon Borges

28/6/2017

“O enfrentamento à mudança do clima precisa ocupar o topo da agenda econômica e depende mais da sociedade que dos governos”, foi a frase de impacto do secretário de Mudança do Clima e Florestas do Ministério do Meio Ambiente, Everton Lucero. Para ele, a pasta tem como “prioridade absoluta” cumprir as metas estabelecidas pelo Acordo de Paris.

Em Brasília, nesta terça-feira (27/06), Lucero participou de seminário internacional sobre estratégias de desenvolvimento de longo prazo de baixas emissões de gases efeito estufa. O encontro foi promovido pelo Instituto Clima e Sociedade (ICS), mais a Embaixada da Alemanha e o Fórum Brasileiro de Mudança do Clima (FBMC).

Para Lucero, o MMA deve articular as ações que conduzam ao cumprimento das metas brasileiras, promovendo o diálogo com os governos estaduais, municipais, setor produtivo e a sociedade. Participaram do evento representantes estrangeiros e especialistas em meio ambiente de organismos não governamentais.

O México e a Alemanha já definiram suas estratégias e, no evento, transmitiram suas experiências e lições aprendidas.

Fonte e foto: Ministério do Meio Ambiente



Últimas da Imprensa

ver mais dados da imprensa
x