16/11/2017

Solange Sólon Borges

O governo brasileiro apresentou em Bonn, sua candidatura para receber a próxima Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP25) a ser realizada em novembro de 2019, mas ainda não existem informações sobre a cidade-sede.

“A COP25 será um marco importante na preparação para a implementação do Acordo de Paris, e o Brasil tem o prazer de se disponibilizar para sediar este importante evento” afirmou, em nota, o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, após apresentar a candidatura brasileira.

A Argentina também se candidatou, mas já sediou a COP em 1998 e 2004.

A conferência ocorre a cada ano em um continente diferente. No ano passado ocorreu na África (Marrakesh). Neste ano, na Alemanha, mas a presidência é de Fiji, pequena ilha do Pacífico. No ano que vem volta para a Europa, com a Polônia na presidência da COP24, e, em 2019, deverá ser mais uma vez na América Latina. Em 2014 foi a última vez que o continente sediou uma COP, em Lima, no Peru.

O Brasil nunca recebeu a Cúpula do Clima, mas sediou duas conferências de desenvolvimento sustentável da ONU, a Rio 92 e a Rio+20.



Últimas da Imprensa

ver mais dados da imprensa
x