20/11/2017

Solange Sólon Borges 

O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho anunciou, em 14/11, na COP23, a antecipação do aumento para 10% da mistura de biodiesel ao diesel usado no mercado interno, que será auxiliar para alcançar as metas brasileiras no Acordo de Paris.

De acordo com a legislação, a data limite para aumento dos atuais 8% para 10% de biodiesel no diesel seria apenas em março de 2019, mas o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) aprovou a antecipação em um ano desse prazo.

No Acordo de Paris, há proposta de aumento da participação de bioenergia sustentável na matriz energética para aproximadamente 18% até 2030. Para efetivar esta meta, o Brasil lista ações como o aumento da parcela de biodiesel na mistura do diesel e a expansão do consumo dos biocombustíveis. Medidas como essa se juntam as de outros setores como o florestal e o agrícola. São iniciativas para o país cumprir sua meta internacional de corte de emissões estabelecido em sua Contribuição Nacionalmente Determinada (NDC).



Últimas da Imprensa

ver mais dados da imprensa
x