27/4/2016

Solange Sólon Borges

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) realizará pesquisa de opinião voltada ao ENREDD+ com prazo até 6 de maio para que se responda ao questionário disponibilizado. O objetivo é apoiar a implementação da Estratégia Nacional para Redução das Emissões de Gases de Efeito Estufa provenientes do Desmatamento e da Degradação Florestal, Conservação dos Estoques de Carbono Florestal, Manejo Sustentável das Florestas e Aumento de Estoques de Carbono Florestal (ENREDD+). Trata-se de uma contribuição para o planejamento dos “Diálogos com a Sociedade Brasileira sobre a ENREDD+.

Segundo informações do MMA, a ENREDD+ busca integrar estruturas de gestão do Plano Nacional sobre Mudança do Clima e dos Planos de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento nos biomas em harmonia com as políticas voltadas à mudança do clima, à biodiversidade e às florestas nos níveis federal, estadual e municipal. Ainda se pretende contribuir para a mobilização de recursos internacionais compatíveis com a meta nacional voluntária de corte de emissões até 2020 do Brasil. A estratégia nacional foi estabelecida com a publicação da Portaria do MMA nº 370/2015.

Para o secretário-executivo do MMA, Carlos Klink, “é fundamental aliar o tema florestas à agenda climática”. O Brasil aparece como o primeiro país reconhecido internacionalmente a ser elegível para pagamentos por resultados de REDD+ pela Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças do Clima (UNFCCC, na sigla em inglês). “O Brasil tem um sistema consolidado e confiável de monitoramento”, justificou a diretora de Políticas para o Combate ao Desmatamento do MMA, Thelma Krug.

Mais informações: 

http://redd.mma.gov.br/index.php/pt/informma/item/274-di%C3%A1logos-com-a-sociedade-brasileira-sobre-a-enredd-responda-a-pesquisa

O que é o REDD+ – trata-se de um instrumento criado no âmbito da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC) que provê incentivos financeiros em decorrência de resultados de mitigação da mudança do clima obtidos por países em desenvolvimento no combate ao desmatamento e à degradação florestal, bem como no manejo sustentável de florestas e na conservação e incremento dos estoques.



Últimas da Imprensa

ver mais dados da imprensa
x