30/5/2017

Solange Sólon Borges

Na agenda de Brasília, em 2018, o maior evento mundial sobre água. O 8º Fórum Mundial da Água ocorre a cada três anos, organizado pelo Conselho Mundial da Água, com o objetivo de discutir a conservação e o uso racional do recurso hídrico, inserindo o tema na agenda política, e formulando propostas. No evento, debate sobre novas tecnologias, governança, cenários políticos nacionais e internacionais. Será a primeira vez que o Fórum será realizado no Hemisfério Sul do planeta.

O Conselho Mundial da Água é presidido atualmente pelo brasileiro Benedito Braga. A Seção Brasil é composta por representantes de governo, empresas, academia, além da sociedade civil.

O Brasil concentra 12% de toda água doce do planeta, mas enfrenta dificuldades em função da mudança do clima, o desmatamento e problemas de gestão que levam a crises hídricas no país. A água é fundamental para a vida, a produção de energia e bens, além da segurança alimentar.

Como prévia, o 1º Seminário Internacional Água pela Paz será realizado em outubro de 2017, antecedendo o Fórum Mundial. Para o líder Prem Baba, o evento promoverá um “diálogo transdisciplinar, tratando os problemas da escassez de água a partir das causas e não das consequências”, afirmou Prem Baba.

A última edição do Fórum Mundial, na Coréia do Sul, reuniu 40 mil pessoas de 168 países.

SERVIÇO – O 8º Fórum Mundial da Água acontecerá de 18 a 23 de março de 2018 no Centro de Convenções Ulysses Guimarães e ainda contará com feira/exposição no Estádio Nacional de Brasília (Mané Garrincha). Sua organização está a cargo do Ministério do Meio Ambiente, Governo do Distrito Federal e Conselho Mundial da Água.

As edições anteriores do fórum:

Marrocos (Marrakesh/1997)

Holanda (Haia/2000)

Japão (Quioto, Shiga e Osaka/2003)

México (Cidade do México/2006)

Turquia (Istambul/2009)

França (Marselha/2012)

Coreia do Sul (Daegu e Gyeongbuk/2015)



Últimas da Imprensa

ver mais dados da imprensa
x